Back to our cover

Subject: I hate emigrants


Posted by Gustavo Lana
On Saturday, December 29, 2001 at 14:13:17

Message:
I have nausea of those people that goes to another country and then after, criticize us a lot. The sons of those people will stole our Amazon. The sons of those people will write messages in the internet telling how Brazilians women are easy, how our cities are dirty, how hispanics are silly, etc. You may say that everybody have the right of have a better life, but I believe that everybody have the right of make your country a better place to live. When you work in the USA you are helping then to grow. May a lot of people are poor in Brazil, but anyone is hunger, except some boys spreadeds in the streets. But they are less then 3% of the population. If you had money enough to buy a ticket in the airplane you surely was not a resident of a "favela". May there is unemployment in Brazil, but there is unemployment in all the world. The unemployment in Brazil is 7%, in USA is 4%, in UK 5%, in France 9%, in Germany 9%, Italy 10%, Spain 14%. So, in that aspect Brazil is one of the bests places in the world to live. May there is violence in Brazil, but you can emigrate to the small cities, where life is peaceful. Anyway, the chance of be killed in a city as violent as Rio de Janeiro in a year is 1 in 2000.

I LOVE BRAZIL, I LOVE MY PEOPLE, I WILL NEVER EVER EMIGRATE TO USA OR ANY OTHER COUNTRY

BRASIL, AME-O OU DEIXE-O, SE VOCÊ NÃO O AMA ENTÃO VÁ PARA O INFERNO!!!


RE: I hate emigrants
Posted by jay
On Monday, December 31, 2001 at 09:46:35

Message:
Gustavo, you write English very well. I study and try to write Portuguese (Brasileira), so I know how far you have come...At the beginning of a few of your sentences you use the word "May"...it requires the word "Maybe" in the context you are using.

Prospero Ano Novo.

Eu morei no Rio pra dois anos, eu prefiro morar la' mais, especial na costa de Angra Dois Reis. Mas esta' difi'cil de emigrar.

Eu penso que quando os gentes dos outros paises moram nos outros paises que nao deles, que so' coisas boas estarao. Morando no outro pais deixe voce estuda voce e voce crescera' na sua alma.

Um abraco pra voce...e o Brasil.
RE: I hate emigrants
Posted by Randy Paul
On Monday, December 31, 2001 at 09:54:57

Message:
Gustavo,

Minha mulher é uma emigrante e explica pra mim como que você pode odiar alguem que você não conhece? Ela saiu Brasil para melhorar a vida dela e realmente ela melhorou a vida. Ela também ama Brasil como que eu ama. Mas ela sabe bem os problemas do Brasil o mesmo jeito que eu sei o problemas de meu pais (EUA).

Estou escrevendo em português por que quase não podia entender que você escreveu.
RE: I hate emigrants
Posted by Gustavo Lana
On Tuesday, January 01, 2002 at 20:12:20

Message:
Caro,Randy Paul, eu até escreveria essa mensagem em inglês, mas, já que você esnobou o meu inglês então eu vou escrever em português mesmo. Eu revisei várias vezes o meu texto, talvez eu tenha errado na primeira frase, errei também no may e no be killed, nada que atrapalhasse a coompreensão do texto, mas você fez questão de ser arrogante comigo. Você errou muito mais do que eu, comeu artigos e preposições adoidado, não usou o plural corretamente e conjulgou os verbos de forma errada, mas tudo bem. Olha, eu poderia, assim como sua mulher, emigrar para os EUA e ganhar 5, ou talvez 10 vezes mais do que eu ganharia aqui no mesmo emprego. Mas não vou fazer isso. Essa é a minha terra, minha pátria, você podê achar que ela é uma merda mas eu não estou nem aí. Meu meio-irmão, visitou seu país e se sentiu completamente mal-tratado, vale destacar que ele tem uma pele bem morena, deixando claro que é extrangeiro. Isso porque sendo os EUA uma sociedade extremamente racista negros e brancos não se misturam. Um dia ele resolveu pesquisar os preços e levou um caderninho consigo, um atende o interpelou dizendo: "Aqui, apenas os porteiros pesquisam os preços". Mas não é só isso, até porque, ao contrário do meu irmão, tenho pele branca e portanto me misturaria com a população local. Mas a questão é que eu tenho vontade profunda de mudar esse país para melhor, ainda sou estudante e quem sabe eu possa virar o presidente do Brasil? Mesmo que não vire aqui eu posso votar, protestar, enfim, participar, e não ficar na mordomia no EUA e dando graças a Deus porque já me ambientei ao país. Deus me livre! Eu quero ser brasileiro, de verdade, e não apenas nos documentos! E também sou hispânico, com muito orgulho.
RE: I hate emigrants
Posted by Gustavo Lana
On Tuesday, January 01, 2002 at 20:12:28

Message:
Caro,Randy Paul, eu até escreveria essa mensagem em inglês, mas, já que você esnobou o meu inglês então eu vou escrever em português mesmo. Eu revisei várias vezes o meu texto, talvez eu tenha errado na primeira frase, errei também no may e no be killed, nada que atrapalhasse a coompreensão do texto, mas você fez questão de ser arrogante comigo. Você errou muito mais do que eu, comeu artigos e preposições adoidado, não usou o plural corretamente e conjulgou os verbos de forma errada, mas tudo bem. Olha, eu poderia, assim como sua mulher, emigrar para os EUA e ganhar 5, ou talvez 10 vezes mais do que eu ganharia aqui no mesmo emprego. Mas não vou fazer isso. Essa é a minha terra, minha pátria, você podê achar que ela é uma merda mas eu não estou nem aí. Meu meio-irmão, visitou seu país e se sentiu completamente mal-tratado, vale destacar que ele tem uma pele bem morena, deixando claro que é extrangeiro. Isso porque sendo os EUA uma sociedade extremamente racista negros e brancos não se misturam. Um dia ele resolveu pesquisar os preços e levou um caderninho consigo, um atende o interpelou dizendo: "Aqui, apenas os porteiros pesquisam os preços". Mas não é só isso, até porque, ao contrário do meu irmão, tenho pele branca e portanto me misturaria com a população local. Mas a questão é que eu tenho vontade profunda de mudar esse país para melhor, ainda sou estudante e quem sabe eu possa virar o presidente do Brasil? Mesmo que não vire aqui eu posso votar, protestar, enfim, participar, e não ficar na mordomia no EUA e dando graças a Deus porque já me ambientei ao país. Deus me livre! Eu quero ser brasileiro, de verdade, e não apenas nos documentos! E também sou hispânico, com muito orgulho.
RE: I hate emigrants
Posted by Gustavo Lana
On Tuesday, January 01, 2002 at 20:12:39

Message:
Caro,Randy Paul, eu até escreveria essa mensagem em inglês, mas, já que você esnobou o meu inglês então eu vou escrever em português mesmo. Eu revisei várias vezes o meu texto, talvez eu tenha errado na primeira frase, errei também no may e no be killed, nada que atrapalhasse a coompreensão do texto, mas você fez questão de ser arrogante comigo. Você errou muito mais do que eu, comeu artigos e preposições adoidado, não usou o plural corretamente e conjulgou os verbos de forma errada, mas tudo bem. Olha, eu poderia, assim como sua mulher, emigrar para os EUA e ganhar 5, ou talvez 10 vezes mais do que eu ganharia aqui no mesmo emprego. Mas não vou fazer isso. Essa é a minha terra, minha pátria, você podê achar que ela é uma merda mas eu não estou nem aí. Meu meio-irmão, visitou seu país e se sentiu completamente mal-tratado, vale destacar que ele tem uma pele bem morena, deixando claro que é extrangeiro. Isso porque sendo os EUA uma sociedade extremamente racista negros e brancos não se misturam. Um dia ele resolveu pesquisar os preços e levou um caderninho consigo, um atende o interpelou dizendo: "Aqui, apenas os porteiros pesquisam os preços". Mas não é só isso, até porque, ao contrário do meu irmão, tenho pele branca e portanto me misturaria com a população local. Mas a questão é que eu tenho vontade profunda de mudar esse país para melhor, ainda sou estudante e quem sabe eu possa virar o presidente do Brasil? Mesmo que não vire aqui eu posso votar, protestar, enfim, participar, e não ficar na mordomia no EUA e dando graças a Deus porque já me ambientei ao país. Deus me livre! Eu quero ser brasileiro, de verdade, e não apenas nos documentos! E também sou hispânico, com muito orgulho.
RE: I hate emigrants
Posted by Kevin Barlowitz
On Thursday, January 17, 2002 at 10:06:12

Message:
Foi com muito gosto que li o seu "post" mostrando o seu bom calibre de Português e a sua pura ignorância, "estrangeiro" escrito extrangeiro, "pode" escrito podê, "compreensão" escrito coompreensão! Se o seu irmão se sentiu "mal-tratado" aqui nos EUA não quer dizer que os outros milhares de Brasileiros possam sentir o mesmo, pelo contrario a maior parte se dá muito bem aqui. Pela razão de o povo Americano se misturar menos culturalmente não quer dizer que seja racista. Conta o numero de negros no governo Americano e depois conta o numero no governo Brasileiro! O seu irmão foi uma pessoa só! E julgar o EUA com um unico caso só pode mostrar a sua grande ignorância! O senhor virar presidente do Brasil? Esperemos que não! O país não iria muito longe!
RE: I hate emigrants
Posted by Kevin Barlowitz
On Thursday, January 17, 2002 at 10:07:54

Message:
Foi com muito gosto que li o seu "post" mostrando o seu bom calibre de Português e a sua pura ignorância, "estrangeiro" escrito extrangeiro, "pode" escrito podê, "compreensão" escrito coompreensão! Se o seu irmão se sentiu "mal-tratado" aqui nos EUA não quer dizer que os outros milhares de Brasileiros possam sentir o mesmo, pelo contrario a maior parte se dá muito bem aqui. Pela razão de o povo Americano se misturar menos culturalmente não quer dizer que seja racista. Conta o numero de negros no governo Americano e depois conta o numero no governo Brasileiro! O seu irmão foi uma pessoa só! E julgar o EUA com um unico caso só pode mostrar a sua grande ignorância! O senhor virar presidente do Brasil? Esperemos que não! O país não iria muito longe!

RE: I hate emigrants
Posted by Randy Paul
On Monday, January 21, 2002 at 17:10:48

Message:
Prezado Gustavo Lana,

As my Portuguese is not perfect (although my wife read my post and had no problem understanding it. FYI: she is a Portuguese teacher and has a degree in the language. She is also a fluent English speaker and had lots of problems with your text, mas como você escreveu, tudo bem) I will respond to you in English. In any case, I speak it much better than I write and as I was writing my post at a cyber cafe in Bahia with a slow connection, I didn't have the luxury of proofreading. Mil desculpas.

You wrote:

"When you work in the USA you are helping then [sic] to grow."

My wife sends most of the money she makes back to her family. She pays for her parents health insurance with UniMed and she put her sister through college in Brazil with the money she earned here in the US.

Cities such as Governador Valadares and Teófilo Otoni in Minas Gerais were built largely through the hard work of emigrants from these cities. Indeed if you visited the Vigo money transfer offices in such cities as Pompano Beach, FL, Somerville, MA, Newark, NJ, Danbury, CT or Astoria, NY you would hear the lovely sound of Portuguese being spoken as these emigrants you despise are busy sending dollars back to Brazil. FYI, my wife and I are helping support a 10 year old girl and her family in Belo Horizonte. What are you doing other than writing presumptuous bobagem?

You wrote:

"Mas a questão é que eu tenho vontade profunda de mudar esse país para melhor, ainda sou estudante e quem sabe eu possa virar o presidente do Brasil? "

Did you know that your current President was also an emigrant for some time, living in Chile and the USA? If you don't know why, as a student, you might want to research the reasons why.

You wrote:

"Meu meio-irmão, visitou seu país e se sentiu completamente mal-tratado, vale destacar que ele tem uma pele bem morena, deixando claro que é extrangeiro."
Probably one of the greatest myths about Brazil is that it is a racial paradise. If this were the case, why do people call each other baianos as an insult? Why do seemingly well-educated, professional people call their housekeepers "Neguinha" to their face (as I have seen done numerous times)? Why when referring to his own distant African ancestry does the current president of Brazil say that he has "one foot in the kitchen?" (Imagine what the outcry would be in this country if such a statement were made by the president? Al Sharpton would be on Pennsylvania Avenue in seconds.) Why did "Veja" recently publish a report that black actors such as Zeze Motta, Milton Gonçalves and Tony Tornado get stuck playing housekeepers, malandros and criminals in movies and novelas? Why is Benedita da Silva so exceptional?

You wrote:

"You may say that everybody have the right of have a better life, but I believe that everybody have the right of make your country a better place to live."

One need not exclude the other except in the simplest views of the world. I lived in Germany for three years. I am no less American for it, and I love my country no less for it. In fact, I think that it made me a better person as it humbled me which is something you might want to consider doing.

You wrote:

"May a lot of people are poor in Brazil, but anyone is hunger, except some boys spreadeds in the streets."

I have been to the states of São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Minas Gerais, Goias, all of their state capitals as well as Brasília and numerous small towns in the above states. I have yet to visit any town that didn't have children stopping by our car asking for money and looking pitifully thin.

I hope that as a student you can educate yourself and improve your life. I also hope that you will gain the maturity to realize that (despite your claims in your e-mail to me that you were not judging anyone) everyone is entitled to their own life decisions and you should respect their reasons. You do not hold a monopoly on the concept of being a true Brazilian and you would be well-advised to disabuse yourself of that notion.

Finally, you wrote:

"E também sou hispânico, com muito orgulho."

Only if your ancestors came from Spain or somewhere else in Latin America. I think the word you are looking for is latino.
RE: I hate emigrants
Posted by Rosana
On Monday, January 21, 2002 at 19:13:53

Message:
Gustavo,

I am Brazilian and lived in New York city for 17 years. Proud to be an immigrant and I totally disagree with you.

Unfortunately, we BRAZilians have a lot to learn with other countries. I can see you that you can't you take criticism. Too bad!!!!

You wrotte:

..."May a lot of people are poor in Brazil, but anyone is hunger,..."

Are you sure in you live in Brazil???? Don't you see starving people being shown on TV very often???? I bet you live in a gate community somewhere in one of those fancy neighborhoods of Rio or Sao Paulo.

..." except some boys spreadeds in the streets. But they are less then 3% of the population...."

3% of a population of approximately 168 million people equals to 5,040,000 street kids. And you dare to refer to this figure as "some boys"????
Get real!!!!

I hope you won't be the president of Brazil! EVER!!!! You are a spoiled middle class brat!!!!

Shame on you !!!!

>:-0
RE: I hate emigrants
Posted by ANA TOLEDO
On Tuesday, January 29, 2002 at 15:31:18

Message:
GUSTAVO, ESTOU HORRORIZADA COM A IMPRESSAO QUE VOCE TEM DO POVO AMERICANO E DOS ESTADOS UNIDOS. PERGUNTO: VOCE JA VEIO AQUI? NOS NUNCA DEVEMOS SER ARROGANTES, PRINCIPALMENTE QUANDO ESCREVEMOS. A NAO SER QUE VOCE JOGUE FORA O PAPEL. ALEM DO MAIS, QUANDO NOS PROPOMOS A ESCREVER, DEVEMOS TER O CUIDADO DE VERIFICAR SE ESTAMOS FAZENDO TUDO CORRETAMENTE (GRAMATICA E CONTEUDO). VOCE PECOU NAS DUAS COISAS. SEU INGLES E TERRIVEL. O PORTUGUES E VERGONHOSO, O QUE ME DEIXOU ALARMADA, POIS VEJO QUE O ENSINO DA LINGUA PORTUGUESA ESTA DE MAL A PIOR. SINTO MEU TECLADO NAO POSSUIR ACENTO NEM CEDILHA. NAO E POR IGNORANCIA DA LINGUA. SOU PROFESSORA DE PORTUGUES E SERVIDORA DE NIVEL SUPERIOR DO JUDICIARIO NO BRASIL. PARTICIPEI DE FORUNS DE DEBATES SOBRE LINGUA PORTUGUESA E PROFERI PALESTRAS SOBRE A NOSSA LINGUA. NAO FALAREI SOBRE SEUS ERROS, POIS MUITOS JA FORAM APONTADOS, FALTANDO AINDA OUTROS TANTOS.
MUDE SUA CABECA, POIS COM A MENTALIDADE QUE VOCE APRESENTOU EM SUA CARTA, NAO CHEGA NEM MESMO A ...
(NAO CONSEGUI NENHUMA PROFISSAO, FELIZMENTE, PARA O SEU NIVEL), QUE SE DIRA PRESIDENTE DA RUPUBLICA.
APROVEITO PARA DIZER A TODOS OS QUE POSSAM VIR A LER ESTE E-MAIL QUE ESTOU ADORANDO ESTE PAIS E O POVO.
INCLUSIVE GOSTARIA DE DIZER QUE FICO ENCANTADA EM COMO O AMERICANO TRATA O ESTRANGEIRO COM IGUALDADE. MINHA FILHA ESTUDA EM ESCOLA PUBLICA. O ONIBUS VEM BUSCA-LA NA PORTA DE CASA; OS PROFESSORES NAO FAZEM DISTINCAO POR ELA SER ESTRANGEIRA, PELO CONTRARIO, ELA TEVE PROFESSOR ESPECIAL ATE CONSEGUIR ACOMPANHAR A TURMA (5TH GRADE). VEJO ESTRANGEIROS E ESTRANGEIROS NAS RUAS.
SE O BRASIL RESPEITASSE SEU PROPRIO POVO, DANDO-LHE DIGNIDADE, SAUDE, EDUCACAO (PARA QUE UMA PESSOA NAO ESCREVESSE BOBAGENS COMO O GUSTAVO), O QUE E OBRIGACAO DO ESTADO, NOS JA ESTARIAMOS FELIZES. NAO, O BRASIL ESTA AI COM A DENGUE, COM A FOME, COM A DESNUTRICAO DE NOSSAS CRIANCAS, COM A FALTA DE EMPREGO. MUITO PRECISAMOS FAZER PARA COMECARMOS A CRESCER E SERMOS RESPEITADOS. COMO SER UM PAIS RESPEITADO SE O ESTADO NAO RESPEITA SEU POVO? MUITO OBRIGADA PELA ATENCAO.
POR FAVOR, INFELIZMENTE, MEU E-MAIL NAO ESTA RECEBENDO RESPOSTA. QUEM QUISER MANDAR-ME MENSAGEM, POR FAVOR, USE O "CRIAR".
RE: I hate emigrants
Posted by Rene Hass
On Thursday, January 31, 2002 at 07:59:11

Message:
Gustavo:

Por que você escreve sobre emigrar para os Estados Unidos com tanto ressentimento? Alguém está obrigando você a emigrar para os Estados Unidos e adorar o país? Caso contrário, sua mensagem parece ter sido escrita sem motivo algum.

Não deixe suas convicções políticas generalizar demais o povo norte-americano. De todos os países que eu já visitei, os Estados Unidos foram onde eu mais bem fui tratado por seu povo. E acredito que isso ocorre com a maioria das pessoas.

Rene

Name:
Email:
Notify me when I get a reply to my message:Yes  No
Subject:
Message:

Back to our cover